Decidiste começar a tua aventura enquanto freelancer remoto? Seja como programador, designer, produtor de conteúdo ou em qualquer outra área, o Upwork é uma excelente plataforma para dares os primeiros passos.

Neste artigo vais ficar a saber alguma dicas que te podem ajudar a conseguir os primeiros clientes e trabalhos. Faz um bom trabalho e os clientes seguintes chegarão por eles mesmos!

Apesar da concorrência – por vezes desleal – presente nestas plataformas, ainda é possível ganhar dinheiro de forma fixa e constante em algumas delas.

[toc]

O que é o Upwork?

Nesta plataforma podes encontrar anúncios e trabalhos de todas as “gamas de preço” e que são publicados por todos os tipos de empresas e clientes.

É uma das plataformas mais utilizadas e populares, tendo:

  • mais de 12 milhões de freelancers registados,
  • mais de 5 milhões de clientes e empresas registadas,
  • mais de 3 milhões de anúncios publicados anualmente.

Trabalhar no Upwork permite-te aceder a trabalhos que, ao passarem pela plataforma, são seguros e com os quais tens a garantia de que vais receber o dinheiro pelo trabalho que fizeste.

Para conseguires os teus primeiros clientes e fechares os teus primeiros trabalhos, precisas de ter atenção com algumas coisas.

Antes de começares a enviar candidaturas a anúncios, começa por te preocupares em ter um bom perfil.

O que é um bom perfil no Upwork?

O teu perfil é o teu cartão de visita. Quem já contratou através do Upwork sabe bem que o perfil e a apresentação da pessoa são uma das coisas mais importantes.

Constrói um perfil bem completo no qual tenhas:

  • uma fotografia com aspeto profissional e na qual estejas a sorrir;
  • um parágrafo no qual te apresentas e mostras porque é que o cliente irá ganhar ao contratar-te;
  • na seção da experiência, as experiências profissional que agreguem valor aos serviços que vais vender no Upwork;
  • no portefólio, projetos que agreguem valor aos teus serviços. Se tiveres um blog ou site profissional coloca-o como primeiro item do portefólio;
  • um texto limpo, fácil e rápido de ler: nada de grandes blocos de texto!

Otimiza o teu perfil para SEO

O SEO e o uso de palavras-chave não é só importante em blogs e sites que são encontrados nos motores de busca.

Também o Upwork utiliza muito esta otimização para apresentar os freelancers certos aos clientes, quando estes publicam anúncios.

No título do teu perfil (o chamo “job title”), coloca algumas palavras-chave que descrevem os teus serviços. Se só queres trabalhar em português, coloca por exemplo “Portuguese”. Se trabalhas em design gráfico, coloca “Graphic Design”. O uso de palavras chave vai ajudar a posicionar melhor o teu perfil nos resultados de busca dos clientes.

Lê o anúncio antes de te candidatares

Uma forma de conseguires mais clientes, é ofereceres logo desde o primeiro contacto, algo diferente e personalizado. Evita o uso de candidaturas pré-feitas e formatadas: cada cliente e cada projeto é diferente.

Quando estás a ler um anúncio, tenta responder a estas perguntas:

  1. o que é que o cliente quer dizer com este anúncio?
  2. o que é que ele procura?
  3. o que é que eu tenho que pode resolver o problema dele?

Começa a tua candidatura a falar sobre o anúncio, algo como “Procura uma pessoa capaz de [o que o cliente escreveu]”.

Isso aguça logo a curiosidade da pessoa que está do outro lado para ler o resto, pois nota logo desde o início que tiveste o cuidado de analisar o que ele procura e publicou.

O Upwork é uma plataforma muito competitiva mas, quer se goste ou não, não deixa de ser a plataforma de trabalho freelance e remoto mais utilizada no mundo.

Aproveita este potencial para te registares e procurares os teus primeiros trabalhos remotos!

Leituras recomendadas:
Upwork: Como inserir os rendimentos no Portal das Finanças?
Como responder a anúncios de trabalho remoto (mas não só!)

Tens dúvidas mais específicas sobre o Upwork?

Sabias que eu comecei a minha atividade como freelancer no Upwork? Foi em 2015, mas foi graças a esta plataforma que consegui criar a minha atividade.

Hoje trabalho a tempo inteiro como freelancer e, claro, com o projeto Nomadismo Digital Portugal. Sem o Upwork, não tinha conseguido entender:

  • como funcionava o mercado de trabalho remoto;
  • como podia adaptar em Portugal estratégias e técnicas que funcionavam nos Estados Unidos;
  • em que tipo de área e serviços queria mesmo trabalhar – e no que não queria.

Se tens dúvidas mais específicas sobre o Upwork, entra na maior comunidade online de empreendedores e freelancers portugueses! Lá vais ter acesso a um fórum privado e exclusivo para quem faz parte da Comunidade, o que garante que quem lá está tem um compromisso real com o empreendedorismo e sucesso.

Muitos usam e trabalham no Upwork, e eu também estou lá a responder a todas as partilhas. Clica aqui para saberes tudo sobre a Comunidade Digital.