Trabalhar Remotamente: Serão Só Vantagens?

Se em Portugal trabalhar remotamente é ainda uma prática pouco adotada pelas empresas, no estrangeiro o panorama é bem diferente.

Segundo um estudo da Gallup, em 2016 nos Estados Unidos, 43% dos trabalhadores trabalhou a partir de casa – ou de qualquer outro lugar.

Não só o número de pessoas que escolhe trabalhar remotamente tem vindo a aumentar, como também as que assim o querem, fazem-no durante mais tempo.

Trabalhar remotamente tem uma mística especial. Há aqueles que pensam que se trabalha todo o dia de pijama entre a cama e o sofá. Ou aqueles que acham que trabalhar remotamente significa trabalhar apenas uma ou duas horas por dia e o resto do tempo é passado entre esplanadas, passeios e viagens.

Na verdade, trabalhar remotamente pode ser tudo isso. Mas não são só maravilhas!

Vê o vídeo no canal do YouTube do Nomadismo Digital Portugal sobre a minha partilha sobre este tema!

Clica Aqui Para Ver o Vídeo no YouTube

As vantagens e desvantagens de trabalhar remotamente

Sermos o nosso próprio chefe

Não ter ninguém a quem “responder” diretamente ou que esteja sempre atrás de nós o dia todo pode ser uma grande vantagem. Somos os responsáveis do nosso próprio trabalho, dos nossos horários e do nosso espaço.

No entanto, isso também pode se transformar rapidamente numa grande desvantagem. Ao trabalhar remotamente, sobretudo enquanto freelancer, não podemos ligar a dizer que “estamos doente”…pois não temos ninguém para nos substituir!

Trabalhar sem chefe exige uma grande organização e saber antecipar tarefas para que, em caso de imprevisto, seja fácil de gerir a situação.

Não ter dress code

Ao trabalharmos a partir de casa, podemos vestir o que quisermos! Podemos até sair da cama e trabalhar de pijama! A menos que se tenha alguma obrigação de fazer reuniões por videoconferência, não precisamos obrigatoriamente de “estar vestido” para começar a trabalhar.

No entanto, muitos trabalhadores remotos defendem que passar pela rotina normal de preparação (pequeno-almoço + higiene matinal + vestir uma roupa “profissional”) faz com que seja mais fácil ter uma manhã produtiva. A decisão é tua!

Menos contacto social

Um dos principais contras de trabalhar remotamente é a falta de socialização durante o tempo de trabalho.

Ao trabalhares remotamente estarás efetivamente mais tempo sozinho. No entanto, podes seguir várias técnicas que te permitem ter uma vida social quando trabalhas remotamente.

Espaços de co-work, meetups, conferências, eventos… Existem cada vez mais “desculpas” para saíres de casa e socializares com pessoas! Neste vídeo falo precisamente deste aspeto social.

Podes trabalhar de qualquer lado

Seja de um café, biblioteca, esplanada, jardim ou do teu sofá, tu é que escolhes o sítio no qual queres trabalhar. Se trabalhas melhor de pijama, à luz das velas, a ouvir música ou debaixo de um cobertor, trabalhar remotamente permite-te ter total controlo sobre o teu espaço de trabalho!

Podes mesmo tornar-te um nómada digital a 100% e aproveitares para viajar pelo mundo enquanto trabalhas. Garante só, claro, que tens internet para qualquer lado que vás!

Poupar dinheiro

Trabalhar remotamente é sinónimo de poupar tempo em transportes e no trânsito e, claro, na gasolina e nos passes. Mas estas não são as únicas poupanças que podes ter!

O trabalho remoto permite-te poupar dinheiro nos cafés que tomas a cada pausa, no almoço caro do restaurante do lado ou ainda na roupa que tens que ter e que só usas em ambiente profissional.

Ao poderes escolher o local onde viver, podes também optar se assim o desejares, por cidades mais baratas e com uma melhor qualidade de vida.

Controlo total do teu tempo

Por dia, muitas pessoas chegam a perder 2 horas nos transportes ou no trânsito. Não querendo assustar ninguém, isso significa 40 horas por mês. É mais de um dia perdido por mês só no caminho entre casa e trabalho.

Trabalhar remotamente permite-te ter total controlo do teu tempo e ganhar essas horas. Imagina no que podes fazer nessas duas horas!

Tens mais tempo para ir às compras (quando o supermercado está vazio), levar os filhos à escola, passar mais tempo com os teus amigos e família, etc.

Ao teres controlo total do teu tempo, vais poder também aproveitar melhor locais e serviços que, em outros momentos, são caóticos.

A calma de fazer compras ao final da manhã, de ir aos correios a meio da tarde ou fazer desporto quando o ginásio está vazio, são pequenos prazeres que só quem trabalha remotamente consegue desfrutar.

Ganhas tempo e qualidade de vida!

Estilo de vida mais saudável

Trabalhar remotamente permite-te estares em casa e teres mais tempo para fazeres refeições mais saudáveis.

Podes aproveitar para testar novas receitas e comeres sempre comida fresca. Para além de teres mais tempo e disposição para cozinhar, trabalhar remotamente permite-te também teres mais facilidade em conseguires ir ao mercado de manhã para comprar fruta e legumes frescos.

Mais Produtividade…e Procrastinação

Trabalhar remotamente pode ser uma forma de seres mais produtivo. Não perdes tempo na deslocação até ao escritório. Tens total controlo no teu tempo e nos teus horários. Tens mais qualidade de vida.

Isso são tudo ingredientes que ajudam a que quem trabalha remotamente seja mais produtivo.

Segundo uma infografia realizada pelo site Surepayroll, mais de 2/3 dos empregados a quem é dada a possibilidade de trabalhar remotamente, tem aumento de produtividade quando trabalham a partir de casa.

Apesar desse aumento claro de produtividade, ser trabalhador remoto exige compromisso, responsabilidade e muito profissionalismo. Se assim não for, pode levar-te a uma gigante procrastinação e problemas profissionais. As vantagens são muitas, mas liberdade é também sinónimo de responsabilidade!

Clica Aqui Para Ver o Vídeo no YouTube

Mostrar Mais

Krystel Leal

Freelancer em Marketing Digital, apaixonada por movimento e viagens, lançou em 2016 o primeiro site português dedicado ao Nomadismo Digital.
Close