A palavra wanderlust é uma associada a pessoas que viajam muito ou que não param muito tempo no mesmo sítio. Mais do que um capricho ou uma vontade, estudos científicos mostram que o wanderlust tem um fundamento genético e é algo real.

O que é Wanderlust?

Wanderlust é uma palavra que deriva da palavra alemã Wandern que significa “andar”. Wanderlust significa um desejo muito forte e uma vontade incontrolável de viajar e percorrer o mundo.

Apesar de ser hoje associada quase exclusivamente ao domínio da viagem, a palavra wanderlust foi muitas vezes utilizada em contextos sociológicos, para falar da oposição às regras e organização e também em contextos psicológicos, para falar de pessoas que têm um desejo pelo desconhecimento e pela aventura.

Estudos científicos provam que existe um gene que todos os wanderers têm em comum. O DRD4-7R, batizado de “gene do wanderlust”, atinge aproximadamente 20% da população mundial e está associado a níveis elevados de dopamina no cérebro e a um nível elevado de curiosidade e agitação.

Quais são os sintomas?

O wanderlust manifesta-se sobretudo por:

  • um desejo de movimento constante;
  • uma necessidade de ter uma data de partida;
  • uma vontade de conhecer mais e viver experiências diferentes;

Se…

  • adoras tirar do armário a tua mochila de viagem para começares a preparar as coisas que te irão acompanhar na tua próxima viagem;
  • não há nada que gostes mais do que ter uma data de partida marcada;
  • comprar um bilhete de avião, mesmo que seja para daqui um ou dos meses, faz o teu coração bater mais rápido;
  • tens uma lista de cidades e países que vais conhecer superior à média dos teus amigos (e contrariamente a eles, a tua é uma lista de “vais conhecer” e não de “queres conhecer”);
  • no Trivial Pursuit escolhes sempre a categoria Geografia. Sabes que é a categoria na qual tens mais hipóteses de responder corretamente;
  • já conheces os cantos de muitos aeroportos.

…podes sofrer de wanderlust!

Quais são os tratamentos?

Viajar, viajar e viajar: são é o melhor tratamento a seguir para tratar um caso de wanderlust.

No entanto, se tal não te é possível agora, seguem algumas dicas de como podes tentar acalmar esse sentimento incontrolável de viajar:

  • Visita uma cidade, monumento ou local perto de ti onde nunca tenhas ido. Existem tantos museus, bairros, jardins ou praias a poucas horas de distância dos sítios onde estamos que não conhecemos!
  • livros de viagem ou blogs de viagem. Alguns livros têm o poder de nos transportarem para viagens inesquecíveis. Não é preciso ter que comprar um bilhete de avião ou sair de casa;
  • Faz um dia de “turista na tua cidade” passeando pelos sítios turísticos;
  • Vê um filme sobre viagens com o On The Road, o Amélie ou o Into the Wild.

O wanderlust é como todos os vícios: quanto mais sofres dele, mais o tentas curar. Mais o tentas curar, mais sofres com ele. Felizmente e contrariamente a muitos outros vícios, sofrer de wanderlust é sofrer de um desejo de conhecer mais, aprender mais e viver mais. Só coisas boas!

Subscreve gratuitamente!

Todas as novidades, informações e dicas serão enviadas diretamente para o teu email
Não enviamos SPAM nem cedemos as tuas informações a terceiros Powered by ConvertKit