Recebe todas as atualizações no teu email

Vera Belchior

Vera Belchior

Formada em Naturopatia e pós-graduada em Acupunctura e Moxabustão, atualmente encontra-se a fazer o Mestrado em Gestão e Avaliação de Tecnologias de Saúde. Trabalha como Naturopata e é também autora do livro "Nascer e Crescer Vegetariano".

Produtividade: Potencia a tua capacidade produtiva naturalmente

Pessoa a trabalhar ao computador - como melhorar a produtividade e a capacidade produtiva de forma natural? - Nomadismo Digital Portugal

A maioria de nós, quando pensamos em produtividade associamos a ela apenas a nossa motivação física para produzir, para fazer e para aproveitar o tempo que temos disponível da melhor forma possível. Ignoramos o potencial que a alimentação tem na nossa capacidade produtiva, em nos tornar pessoas bem mais focadas e com memória de elefante (ou quase).

Talvez isso aconteça porque recebemos diariamente mensagens sobre a importância de uma boa alimentação para a saúde. Essas mensagens, na maioria das vezes, centram-se apenas nos benefícios a nível físico, em relação ao nosso peso, à nossa saúde cardiovascular ou diabetes.

Só mais recentemente é que se começou a divulgar a mensagem sobre a importância da alimentação para a saúde mental. Assim como a nível de quadros clínicos como a depressão 1, como também para o melhoramento da nossa capacidade de retenção de informação e capacidade produtiva, a alimentação é um grande aliado.

Consequências para a produtividade de uma alimentação desequilibrada

Tudo o que comemos afeta a forma como o nosso corpo funciona. 

Quando seguimos um padrão alimentar saudável, o nosso corpo processa de forma eficiente os nutrientes que vão servir de combustível para o nosso corpo.

No entanto, quando a nossa alimentação é carente em nutrientes e rica em calorias vazias, não fornece a energia que o nosso corpo e cérebro precisam. Ou seja, não teremos a capacidade de processar os nutrientes de forma eficaz.

Consequentemente, a nossa produtividade e bem-estar geral sofrem como resultado da má nutrição, causando fadiga, diminuição da eficácia mental e da capacidade produtiva e também níveis mais elevados de stress.

No entanto, se estiveres comprometido em melhorar a tua performance mental, fica a saber que existem alimentos e plantas medicinais que te podem dar um empurrãozinho em prol de uma maior capacidade produtiva. Assim, considera aumentar a ingestão dos seguintes nutrientes:

Ácido fólico

Este micronutriente, também conhecido como vitamina B9, é muito importante para várias funções no nosso organismo, incluindo o fortalecimento do sistema imunitário e a prevenção da depressão.

Consegues encontrar o ácido fólico em alimentos como as verduras e as leguminosas (feijão, grão, lentilhas, ervilhas), por isso, garante que as ingeres todos os dias.

- Anúncio -

Sementes de linhaça

As sementes de linhaça são ricas em omega-3, um ácido gordo essencial que desempenha um papel importante na promoção de um cérebro saudável.

Um relatório publicado pelo Advances in Nutrition 2, por exemplo, associa o consumo de ácidos gordos ómega-3 com a preservação da função cerebral. 

Incluíres 1 a 2 colheres de sopa de linhaça triturada por dia é o suficiente para obteres os benefícios que estas sementes têm para te oferecer.

Alimentos antioxidantes

Os alimentos ricos em agentes antioxidantes oferecem proteção contra o envelhecimento cognitivo, capacidade esta que se caracteriza por um conjunto de funções como a atenção, a memória e a aptidão para resolver problemas.

Por isso, aposta em alimentos ricos em vitamina C como os pimentos vermelhos e as frutas cítricas e em alimentos com elevado teor de vitamina E como os frutos secos.

Plantas medicinais que promovem a capacidade produtiva

São também várias as plantas medicinais a que podes recorrer para promover o teu foco, nitidez e como consequência, produtividade. 

O chá verde e o alecrim são, na minha opinião, as mais eficazes. Porquê?

Porque o consumo de chá verde está associado a uma melhor aprendizagem e capacidade de retenção de informação 3.

E a ingestão diária de alecrim, uma planta tão familiar em Portugal, demonstrou ter a capacidade de aumentar o desempenho cognitivo e melhorar a memória, isto, de acordo com um estudo publicado no Journal of Medicinal Food 4 em 2012.

Conclusão sobre a influência da alimentação na produtividade

Mas não são só os alimentos e as plantas medicinais que têm a capacidade de nos ajudar a potenciar a nossa saúde mental e produtividade. O estilo de vida é um dos fatores mais importantes quando queremos ser mais produtivos.

Beberes mais água ao longo do dia é fundamental para te manteres mais focado 5, pois o cérebro é o primeiro a sofrer com a desidratação, causando, por exemplo, sintomas de confusão mental e enxaquecas.

E lembra-te de dormires o tempo suficiente, pois um cérebro cansado é a receita certa para uma má memória e falta de concentração.

Agora que já sabes como melhorar a tua produtividade é só meteres mãos à obra!

  1. Dermatol Ther. 2019 Oct 6:e13104. doi: 10.1111/dth.13104. Depression, isotretinoin, and folic acid: A practical review. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/31587447[]
  2. Adv Nutr. 2013 Nov; 4(6): 672–676. Published online 2013 Nov 6. doi: 10.3945/an.113.004556 ω-3 Fatty Acids in the Prevention of Cognitive Decline in Humans. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3823515/[]
  3. Psychopharmacology (Berl). 2014; 231(19): 3879–3888. Published online 2014 Mar 19. doi: 10.1007/s00213-014-3526-1 Green tea extract enhances parieto-frontal connectivity during working memory processing. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4159594/[]
  4. J Med Food. 2012 Jan;15(1):10-7. doi: 10.1089/jmf.2011.0005. Epub 2011 Aug 30. Short-term study on the effects of rosemary on cognitive function in an elderly population. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21877951[]
  5. Meeusen, R. Sports Med (2014) 44(Suppl 1): 47. https://doi.org/10.1007/s40279-014-0150-5. https://link.springer.com/article/10.1007/s40279-014-0150-5#citeas[]
- Anúncio -

Outros Posts

Subscreve a Newsletter Gratuita

Preenche o formulário para subscreveres a newsletter gratuita do Nomadismo Digital Portugal e recebe conteúdos exclusivos e todas as novidades em primeira mão!