Ser nómada digital é significado de trabalho flexível e de liberdade. É um estilo de trabalho mas também de vida. E se é certo que é preciso ter um trabalho que nos permita ser nómadas digitais, muitos são aqueles que ainda pensam que é preciso ser rico ou ter muito dinheiro economizado para poder realmente começar esta mudança, o que é uma ideia completamente errada.

O nomadismo digital permite poupar dinheiro e viver confortavelmente com menos dinheiro que se gastava antes. Descobre como com estas cinco caraterísticas do nomadismo digital.

Viver em locais mais baratos

Uma das maiores vantagens de se ser nómada digital é poder viver em locais mais baratos que a nossa cidade atual. Isso faz-nos precisamente poupar dinheiro.

Começar por viajar para cidades do leste da Europa é uma forma de conseguir fazer algumas poupanças, pois estamos a trabalhar remotamente, a ganhar o mesmo dinheiro…mas a gastar muito menos!

Leitura recomendada:
Custo de vida: como avaliar o preço de uma cidade?

Viver como um local, comer como um local

Viver mais tempo numa cidade permite-nos descobrir mais de uma cultura local, incluindo a gastronomia. Fazer compras em supermercados e cozinhar em casa permite poupar dinheiro e descobrir alguns alimentos locais que de outra forma podiam passar despercebidos.

Não gastar tudo em transporte

É possível viajar gastando pouco. Se é a verdade que grande parte de um orçamento de um nómada é gasto em viagens, é possível poupar (e muito) graças a alguns truques.

Utilizar comparadores de preços ou usar transportes alternativos como o comboio ou o autocarro, permite que seja possível poupar bastante dinheiro durante as deslocações.

Leitura recomendada:
Viagens baratas: como e onde encontrar os melhores preços?

Ficar mais de um mês

É um dos maiores truques do nómada digital para economizarem dinheiro e aproveitarem melhor cada destino. Ficar longos períodos de tempo em cada local permite poupar dinheiro no alojamento, sendo que a maioria dos proprietários ou plataformas, como o Airbnb, oferecem desconto para longas estadias.

Leitura recomendada:
Booking: como usar este site para fazer reservas online

Turismo colaborativo

Se estiveres a viajar sem poupanças e que o teu trabalho remoto ainda não consiga dar-te o dinheiro que precisas, não desesperes: existem diversas formas que te permitem viajar gastando pouco…ou nada!

Sites como o couchsurfing ou o worldpackers permitem que durmas gratuitamente em casas de locais ou, no caso do segundo site, que troques as tuas competências por alojamento em hosteis!