Recebe todas as atualizações no teu email

Krystel Leal

Krystel Leal

Trabalha por conta própria e remotamente desde 2015. É a fundadora também do Nomadismo Digital Portugal. Curiosa por natureza, passa demasiado tempo a questionar-se sobre o futuro das coisas. Vive hoje na Califórnia, em Silicon Valley, onde vê os seus questionamentos a materializarem-se bem mais rápido do que alguma vez imaginara.

LinkedIn: um guia estratégico para promoveres o teu trabalho

Lançada em 2003, a rede social profissional LinkedIn conta hoje com mais de 2 milhões de membros em Portugal 1.

O LinkedIn não deve ser, por isso, negligenciado quando trabalhas por conta própria – e não só.

É essencial teres um perfil do LinkedIn atualizado e bem otimizado para apareceres nas primeiras posições dos resultados da pesquisa.

Sendo o LinkedIn uma das mais importantes plataformas profissionais da Internet, é um erro ficares fora dela!

Saberes como promover o teu trabalho no LinkedIn é essencial.

Nesta rede social podes promover a tua marca, serviços e trabalho, aumentando a probabilidade de encontrar clientes por lá.

Descobre neste artigo como é que podes usar esta rede social profissional como forma de atrair atenções para o teu trabalho ou negócio.

O que é o LinkedIn?

Deixar de procurar clientes para começar a ser encontrado por eles, é um dos objetivos máximos de um trabalhador remoto.

Saber como usar o LinkedIn é algo essencial para qualquer estratégia de marketing de um trabalhador remoto.

O teu perfil nesta rede social pode ser um aliado poderoso para trazer profissionalismo e reputação ao teu trabalho.

- Anúncio -

O LinkedIn tem mais de 467,000,000+ membros inscritos e esse número cresce todos os dias 2. A Europa conta com mais de 110 milhões de inscritos neste que é um dos sites mais populares e visitados da Internet.

Com mais de 100 milhões de visitantes únicos por mês 3, não ter um perfil otimizado e não saber como usar o LinkedIn pode estar a afastar-te de várias oportunidades de trabalho!

Como começar no LinkedIn?

Para te registares no LinkedIn, nada mais fácil: clica aqui e começa a criar a tua conta.

Esta que é a rede social profissional mais importante da Internet, não deve ser encarada só como uma forma de juntar todos os teus contactos profissional.

Saber como usar o LinkedIn para potencializar esses mesmos contactos é essencial.

No LinkedIn podes não só criar uma rede de contactos com outros profissionais, mas também podes (e deves!) utilizar várias funcionalidades como:

  • partilha e publicação de conteúdos (posts, vídeos, notícias, links…),
  • fazer comentários e participar em discussões,
  • inscreveres-te em grupos temáticos e profissionais,
  • destacar as tuas competências e interesses pessoais,
  • e muito mais!

Para um trabalhador remoto, é importante saber como usar o LinkedIn para ser encontrado por potenciais clientes e parceiros de trabalho.

Esta rede social é muito utilizada por agências de recrutamento e de recursos humanos, mas também por pessoas à procura de parcerias.

É comum ver no LinkedIn anúncios de novos projetos, de novas empresas e de procura de novos parceiros.

Portanto, depois de criares o teu perfil, chegou o momento de perceberes como é que podes usar o LinkedIn para teres mais clientes e trabalhos.

A otimização do perfil no LinkedIn

O teu perfil no LinkedIn é o teu CV online e, tal como um CV “tradicional”, este deve ser atualizado com regularidade e apresentado com profissionalismo.

Pessoa presente no LinkedIn

Ao otimizares o teu perfil e apresentares a quem te encontra um CV completo e realmente cativante, aumentas as probabilidades de essas pessoas quererem seguir o teu trabalho.

Preenche o máximo de seções e informações que conseguires tendo sempre, no entanto, em atenção, que tudo o que preencheres deve agregar valor à tua atividade profissional.

Coloca o teu perfil como “público” e cria um endereço personalizado

É importante que coloques o teu perfil do LinkedIn como estando público. Isso vai permitir que o teu perfil possa ser encontrado diretamente numa pesquisa do Google.

Facilita também que sejas encontrado segundo as tuas experiências e competências.

Teres um endereço url personalizado aumenta o teu profissionalismo e credibilidade.

Para saberes como colocar o teu perfil em modo público e teres um link personalizado, lê as instruções aqui.

Faz com que o teu perfil seja o mais completo possível

Inclui um resumo de ti logo na primeira parte do teu perfil no LinkedIn.

Nesse resumo, deves apresentar-te muito rapidamente, explicar qual é o teu objetivo profissional atual e quais são as tuas competências profissionais e pessoais de destaque.

Tanto na experiência profissional como na académica, cria pequenos resumos dessas experiências.

- Anúncio -

Mais do que falar em notas ou disciplinas que tiveste, fala do valor que essas experiências te ofereceram. O que é que retiveste e que usas como ativo na tua atividade atual?

Sempre que possível, organiza essa informação por listas de pontos para que a leitura seja mais atrativa e rápida.

Adiciona também anexos como imagens, fotografias, vídeos ou links, para enriquecer visualmente o teu perfil.

Headline/Título

Muitas pessoas não dão a devida importância a esta informação no perfil.

A chamada headline é a melhor forma de te apresentares de forma rápida a quem não te conhece.

Exemplo de Headline Titulo num perfil do LinkedIn

Resume aquilo que fazes e, sobretudo, aquilo que te distingue de todos os outros.

Um título como “Psicólogo freelancer remoto com + 5 anos de experiência” é bem mais atrativo que um simples “Psicólogo Freelancer”.

Resumo

Não escrevas um grande testamento na parte inicial do teu perfil!

Exemplo de Resumo de um Perfil no LinkedIn

Fica-te pelo essencial, apresenta-te de forma rápida e precisa, mas não tenhas medo em usar as melhores técnicas de marketing pessoal para te venderes como o melhor profissional da tua área.

Não mintas sobre as tuas habilidades e sê realmente fiel às tuas competências profissionais reais, mas mostra que és apaixonado pelo teu trabalho e que cumpres os requerimentos dos teus clientes com profissionalismo.

Experiência Profissional

Esta é, provavelmente, uma das secções mais importantes no teu perfil e que te permite apresentar o teu trabalho no LinkedIn.

Indica aqui todas as experiências que tiveste seja como freelancer, seja em projetos em equipa e empresas que agreguem valor à tua atividade profissional.

Enquanto freelancer, evita colocar posições como “Trabalho de Freelancer em Design: Abril 2016 – Atualmente”. Isso é muito vago!

Exemplo de experiência profissional num perfil do LinkedIn

Se tiveres autorização em citar clientes e projetos, não hesites em indicar os nomes dos projetos nos quais estiveste ou estás envolvido.

Se não tiveres autorização em divulgar nomes de clientes, podes sempre colocar títulos específicos como “Design para projeto online de e-commerce” e coloca os teus serviços e pontos chaves do teu trabalho.

Apresentar o teu trabalho de forma precisa é passar credibilidade ao teu próximo cliente.

Quais são as tuas competências?

Existe um campo no perfil do LinkedIn que muitos ainda não sabem como o otimizá-lo: o das competências.

Introduz as skills que te diferenciam enquanto profissional e pessoa, sendo o mais especifico possível.

Elas ficam destacadas no teu perfil e com o tempo as pessoas podem aconselhar uma ou várias das tuas qualidades!

Competências e Skills

Identifica as tuas competências

Não sabes que competências tens e sentes que precisas de ajuda para entender o que sabes, tens e és?

Criei um curso online especialmente dedicado a este trabalho, onde tentamos através da análise do que já tens hoje, como é que podes encontrar uma área profissional no digital.

Clica aqui para saberes tudo sobre este curso online

Segue pessoas, empresas e páginas

Saber como usar o LinkedIn com profissionalismo é sinónimo de abraçar todo o mundo profissional que ele te oferece.

Procura pessoas, empreendedores, empresas e projetos com os quais te sintas próximo e curioso.

Seguir pessoas e páginas é uma forma de seres “visto” por essas pessoas com quem gostarias de trabalhar no futuro.

Pede recomendações

Não tenhas medo em contactar clientes que tenhas tido ou até clientes com quem trabalhas atualmente de forma regular para pedir recomendações.

As recomendações deixadas no teu perfil LinkedIn permitem aumentar a tua credibilidade e valor enquanto profissional e não há nada de mais sedutor que ver alguém com um perfil bem completo com boas recomendações.

Recomendações num perfil

Ter recomendações no teu perfil do LinkedIn faz com que tenhas um perfil com mais qualidade e com algo que te diferencie dos teus concorrentes.

No LinkedIn podes pedir (e dar) recomendações a qualquer pessoa: chefes, clientes, parceiros, colegas de trabalho e pessoas com quem trabalhaste em projetos.

As recomendações dão confiança a quem te encontra pela primeira vez e ajudar a humanizar o teu perfil.

Participa e contribui com conteúdo

Tal como em outras redes sociais, também no LinkedIn podes partilhar e criar conteúdos.

Podes também comentar, seguir e dar likes em publicações de outras pessoas.

Se já crias conteúdos no teu blog ou site, sempre que for pertinente partilha o que fazes no LinkedIn.

Podes também, para gerar ainda mais tráfego e conversão do LinkedIn em direção ao teu site, escrever diretamente um artigo na plataforma.

Estas publicações podem ser uma ocasião perfeita para falares sobre o teu trabalho, criando uma peça de conteúdo útil e que interesse as pessoas para que, no fim, estas tenham vontade de saber mais contratando os teus serviços.

Se fores por exemplo nutricionista, podes criar publicações sobre nutrição. Podes escrever por exemplo conteúdos sobre benefícios de determinados alimentos ou sobre a importância de uma boa alimentação no trabalho. Este tipo de conteúdo é útil para quem lê e torna-te uma referência no tema!

Participa em grupos

Inscreve-te e participa em grupos de discussão que são relevantes para a tua atividade profissional.

Muitas faculdades e escolas têm também grupos de alumni que podem ser interessantes, para manteres contacto com antigos colegas.

Adiciona conteúdo e informação relevantes a esses grupos.

Faz por começar discussões e conversas interessantes, que te permitam apresentar-te enquanto profissional e dar a conhecer os teus serviços.

Sempre que os grupos autorizarem e for pertinente, podes também partilhar neles os conteúdos que criares (tanto no teu perfil do LinkedIn, como no teu blog).

Conecta-te e conversa com outros profissionais

Quem não sabe como usar o LinkedIn acha que para ter uma presença digital de qualidade nesta rede social basta ter um perfil completo e com todas as informações pedidas.

Errado.

Uma presença de qualidade nesta plataforma significa saber como usar o LinkedIn como uma rede social.

De nada te serve ter o perfil mais completo e rico da plataforma se não tens contactos!

No LinkedIn não precisas de te conectar única e exclusivamente com pessoas que conheces pessoalmente.

Precisas sim de te conectar com pessoas relevantes na tua área profissional.

Procura empresas, projetos e pessoas que te inspiram e, quando estas aceitarem o teu pedido de conexão, comunica com eles.

Envia mensagens a apresentar-te e a mostrar o teu agradecimento por te terem aceite e comenta em publicações que elas fizerem.

Quanto mais conexões relevantes tiveres no LinkedIn, maior é a probabilidade de as pessoas te encontrarem quando estiverem à procura de m profissional como tu!

Não te esqueças da tua fotografia

Como em todas as redes sociais, deves ter um cuidado especial com as fotografias que colocas no teu perfil e de forma pública.

No LinkedIn, ainda mais do que em qualquer outra rede social, precisas de te assegurar que a tua fotografia passa uma primeira impressão de profissionalismo e simpatia.

Selfies ou fotografias de grupo em que te auto-cortaste são, portanto, desaconselhadas.

Conclusão

Agora que já sabes o potencial desta rede social, mantém-te ativo.

Entra regularmente no LinkedIn, não só para atualizares o teu perfil com os teus mais recentes trabalhos e projetos, mas também para veres as publicações dos teus contactos e partilhares informações ou links interessados.

O LinkedIn é o sítio ideal para partilhares conteúdos relacionados com a tua atividade profissional.

Se és fotógrafo, partilha notícias relacionadas com a fotografia, projetos fotográficos ou exposições interessantes ou ainda novos artigos que publiques no teu blog.

Saber como usar o LinkedIn é essencial para ter uma presença digital de qualidade.

Trabalhar remotamente implica usar a Internet: seres encontrado nesta que é a maior rede social profissional é importante!


  1. Fonte: http://www.businessofapps.com/data/linkedin-statistics/
  2. Fonte: https://about.linkedin.com/
  3. Fonte: https://expandedramblings.com/index.php/by-the-numbers-a-few-important-linkedin-stats/
  4. Fonte: https://www.linkedin.com/help/linkedin/answer/4447?lang=pt
- Anúncio -

Outros Posts

Subscreve a Newsletter Gratuita

Preenche o formulário para subscreveres a newsletter gratuita do Nomadismo Digital Portugal e recebe conteúdos exclusivos e todas as novidades em primeira mão!