Trabalho de forma remota desde Junho de 2014 e embora eu tenho lutado muito por esta mudança profissional (larguei um emprego “certo” com um bom salário num dos países mais ricos da Europa), apercebi-me imediatamente do quão solitária a minha vida profissional se poderia tornar. Antes de eu fazer qualquer coisa para colmatar esse “vazio” que vinha a sentir, fui abordada por um outro youtuber português, questionando-me sobre o meu potencial interesse em criarmos um grupo Mastermind.

Confesso-vos, sem qualquer vergonha, que não fazia a menor ideia do que é que significava um grupo Mastermind. Portanto, antes de responder à proposta que me havia sido feita, pesquisei sobre o assunto.

Hoje, partilho com vocês o que aprendi sobre o assunto e de que forma estruturámos o nosso grupo de forma a tirar o maior proveito dele!

O que é um grupo Mastermind?

Um grupo Mastermind é criado com o objetivo de reunir pessoas que queiram evoluir em áreas próximas ou comuns.

Basicamente, esse grupo de pessoas vai, através de um feedback construtivo, contribuir para que cada um dos seus membros possa melhorar o seu desempenho, evoluir e superar-se profissionalmente.

Uma reunião Mastermind é composta por 3 fases essenciais

Fase 1: partilha individual

Cada membro tem entre 15 a 20 minutos para falar sobre as conquistas efetuadas desde a última reunião Mastermind. Ele deve ainda falar sobre as dificuldades que está a sentir naquele momento e os objetivos que gostava de alcançar até à próxima reunião.

É também neste momento que o membro deve comunicar se gostaria de abordar algum outro tópico específico no final da reunião.

Fase 2: feedback do grupo

Após a partilha individual, cada participante deve dar um feedback a esse mesmo membro. O feedback deve ser o mais honesto possível.

Quando um membro exprime as suas dificuldades, os outros devem escutá-lo com muita atenção e pensar profundamente em ações que lhe podem sugerir.

Quando for a minha vez de exprimir as minhas dificuldades, devo ouvir o feedback das outras pessoas com o coração aberto e não levar as criticas para o lado pessoal. Devo anotar o que me é dito e mais importante ainda, agir!

Fase 3: atualização dos objetivos

Após o feedback dos outros participantes, o membro redefine os seus novos objetivos, a alcançar até à próxima reunião.

Fase 4: discussão sobre um tópico específico

Por exemplo, recursos que achamos úteis, estratégias de negócio, ideias de marketing ou qualquer outro tópico que possa interessar a todo o grupo.

Regras

Para que estes grupos masterminds sejam realmente produtivos e permitam efetivamente a cada um dos seus membros evoluir, é importante definir algumas regras de funcionamento:

  • Frequência dos encontros. No nosso caso, encontramo-nos uma vez por mês
  • Local dos encontros. No nosso caso, e visto que trabalhamos todos de forma remota e em diferentes países, esses encontros são feitos por Skype
  • Quando (dia e hora)
  • Duração da reunião. Deve ter uma duração entre 1h – 1h30
  • Liderança do grupo. No nosso caso, a liderança é rotativa. Isso significa que a cada reunião é um novo membro que lidera. O líder tem como função certificar-se de que ninguém excede o tempo de antena que lhe é dedicado e de que cada uma das fases da reunião é respeitada
  • Tempo de antena de cada participante. Não deve exceder os 15 a 20 minutos. Assim, cada participante pode participar e receber o respetivo feedback
  • Número máximo de participantes. No nosso caso, definimos cinco como o número máximo de participantes. Em grupos demasiado grandes, a comunicação torna-se mais difícil e o feedback dado acaba por ser limitado pelo tempo
  • Reavaliação do funcionamento do grupo. No nosso caso, definimos que a cada 3 meses reavaliávamos o funcionamento do grupo afim de melhorarmos o mesmo

Preparação

Para retirarmos o maior proveito destes grupos, devemos igualmente preparar as reuniões. Para isso, antes de cada sessão, cada participante deve refletir sobre as seguintes questões:

  • Quais foram as minhas conquistas desde a última reunião?
  • Quais as dificuldades que estou a sentir neste momento?
  • Quais os objetivos que gostava de alcançar até à próxima reunião?
  • Que tópico específico gostaria de abordar?

Para além dos nossos encontros mensais via skype, resolvemos criar um grupo no facebook. Nele podemos comunicar uns com os outros entre cada reunião.

Nesse grupo, partilhamos livros, ideias, dúvidas ou qualquer outra coisa que possa ser útil para o crescimento de todo o grupo.

Experiência Pessoal

Da minha ainda curta participação num grupo Mastermind, posso dizer-vos que tem sido muito bom perceber que temos dificuldades semelhantes. Isso faz-nos sentir menos sozinhos.

Ao mesmo tempo, como somos pessoas com backgrounds totalmente diferentes. É interessante conhecer as estratégias que cada um utiliza para superar essas mesmas dificuldades.

Construímos assim ao longo destas reuniões Mastermind uma panóplia de estratégias que nos permite continuar a evoluir.

Diversidade

A diversidade do grupo é algo que devo salientar.

Ter pessoas de diferentes idades, com formações totalmente distintas e provenientes até de culturas diferentes é uma mais valia para o grupo. Isso permite-nos ver as coisas de prismas diferentes, alargar os nossos horizontes e sair da nossa própria caixinha.

É também interessante receber um feedback direto. Na maior parte do tempo, o feedback que recebemos ao trabalhar de forma remota é por escrito.

Nestas reuniões Mastermind, temos pessoas que nos dizem diretamente na cara o que acham daquilo que estamos a fazer e como pensam que poderíamos tornar os nossos desempenhos e/ou conteúdos melhores.

E, acima de tudo, é muito motivante ter um grupo de pessoas que puxa por nós, que nos faz estabelecer objetivos ambiciosos e que nos estimula a lutar por eles.

De uma reunião para a outra, vemos a evolução de cada membro. Isso faz com que tenhamos todos mais vontade de evoluir igualmente.

A dinâmica de um grupo destes, quando funciona na base da inter-ajuda e não na base da competição, faz com que nunca ninguém seja deixado para trás e que todos continuem a crescer juntos.

Como diria um dos membros do meu grupo: sozinhos vamos rápido mas juntos vamos mais longe!

Autor

Sofia de Assunção é Coach de Orientação Vocacional e Transformação Profissional. A sua missão passa por, através de atendimentos individuais, ajudar pessoas insatisfeitas com as suas vidas profissionais a encontrarem o seu caminho para a realização e satisfação profissional.