Email marketing e lista de emails: o que deves saber e fazer hoje mesmo

Email Marketing e Lista de Emails: Por onde Começar?

Antes de começarmos a falar de lista de emails, é importante dizer que existem estudos que apontam que o Retorno Sobre o Investimento (ROI) médio do email marketing é de 122%.

Isso é quatro vezes mais do que qualquer outro canal de marketing digital (incluíndo as redes sociais). Assim sendo, não é surpreendente o recente interesse pelo email marketing.

O que é uma lista de emails?

Uma lista de emails é uma lista de potenciais clientes. Aplicar técnicas e estratégias de email marketing permite que comunique frequentemente com aqueles que, de alguma forma, já demonstraram interesse nos teus produtos ou serviços.

Qual a importância do email marketing?

Um email é um cartão de visita digital. O email marketing é assim uma forma eficaz de criares uma conexão com potenciais ou atuais clientes. O marketing está muito relacionado com o comportamento e dominares essa psicologia ajuda-te a crescer como empreendedor ou, se fores um, como freelancer.

Ou seja, ao criares uma lista de emails e ao gerares conteúdos ou ofertas personalizadas e segmentadas para o teu público-alvo, estás a aumentar as tuas taxas de conversão.

É muito improvável que um potencial cliente te contacte ou adquira um dos teus produtos ou serviços em apenas uma visita ao teu site. Tens de lhes dar motivos para que sintam a necessidade de te contactar ou voltar a visitar-te.

Qual a forma mais fácil de te tornares memorável? Com emails de qualidade.

A psicologia do email marketing segue a mesma lógica.

Algo tão simples como atrair clientes através de um blog onde ofereces conteúdo informativo, útil e de qualidade vai traduzir-se em potenciais oportunidades de negócio, particularmente se motivares os teus leitores a subscreverem os teus conteúdos para que possam comodamente receber tudo o que tens para oferecer diretamente no seu email.

Como criar e trabalhar com uma lista de emails

Uma lista de emails, como o nome indica, não é mais do que uma lista onde constam os nomes e endereços de email de uma determinada audiência, sejam visitantes do teu blog ou site, potenciais clientes ou atuais clientes.

Esta poderosa base de dados é o teu ponto de partida.

Nunca compres uma lista de emails. Porquê?

Simples.

A pessoa do outro lado não sabe quem és, pode não ter nada a ver com o teu público-alvo, não estando por isso interessada nas tuas ofertas ou conteúdos.

O mais provável é que vás direitinho para o caixote do lixo ou, se apanhares o leitor num mau dia, pode até questionar-te sobre como obtiveste o seu contacto – especialmente com o atual Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD).

Se geres uma lista de emails, é muito importante que cumpras à risca as normas e respeites os dados pessoais dos teus leitores e clientes.

Portanto, faz o teu trabalho de casa, cria a tua lista de emails corretamente e mantém a tua reputação intacta. A seriedade e transparência é a alma de qualquer negócio.

Mas como podes criar uma lista de emails eficiente e que vai ao encontro da tua audiência?

Questiona-te

O que te distingue de todos os outros?

O que dás aos teus clientes com aquilo que ofereces?

Antes de mais precisas de pensar no serviço ou produto que ofereces e como ele poderá ajudar o teu público-alvo.

O que preferes? Comprar um produto ou serviço a alguém totalmente desconhecido ou a um amigo ou alguém de confiança? Os teus potenciais clientes também!

Por isso, tens de ajudar os teus clientes a conhecerem-te porque o teu serviço ou produto é reflexo daquilo que és como pessoa.

Ao saber o que podes oferecer a um determinado público vais dominar a arte do bom conteúdo para que os teus emails solucionem os seus problemas.

Oferece algo

A grande maioria dos freelancers e empreendedores de sucesso no digital oferece algo. Pensa numa oferta e num formato adequados ao teu público-alvo para os convidares a registarem os seus dados no teu site.

Pode ser:

  • um eBook;
  • os melhores artigos semanais do teu blog;
  • checklists;
  • infográficos;
  • um whitepaper;
  • uma certificação ou curso gratuitos;
  • gravação de um podcast;
  • webinars

Se o teu projeto está relacionado com e-commerce, as promoções são uma excelente forma de atrair novos clientes.

Este tipo de ofertas para captar emails são chamados de content upgrades ou optins. Pensa em formas de agregares valor aos teus conteúdos atuais.

Lembra-te sempre que qualidade é a palavra chave para teres uma boa lista de emails!

Plataformas de email marketing

Abaixo detalho melhor o que é uma landing page (uma página que vais criar para captar os emails dos teus potenciais clientes) e como é que podes gerir a tua lista de emails.

Mas para começar, eis uma lista de algumas das plataformas de email marketing que podes usar para começar a criar a tua lista de emails.

ConvertKit

  • O ConvertKit é perfeito para…: quem quer segmentar a sua lista de emails de forma mais aprofundada. Ou seja, se queres organizar os teus subscritores por diferentes públicos, segmentos, etc. Para quem tem já algum tipo de estratégia implementada no seu projeto
  • Preço: a partir de $29 por mês
  • Nota: é a ferramenta que uso no Nomadismo Digital Portugal e com a qual estou satisfeita há mais de dois anos!

MailChimp

  • O MailChimp é perfeito para…: quem está a começar a criar a sua lista de emails. Para quem não tem muita experiência para criar páginas de captura (landing pages) e não quer investir para já numa ferramenta paga
  • Preço: plano gratuito até aos 2000 subscritores; depois os planos começam nos $9,99 por mês

Sendinblue

  • O Sendinblue é perfeito para…: quem quer integrar um sistema de envio de mensagens (SMS), de chat online, enviar emails, fazer email marketing e gerir clientes e funis de vendas tudo numa única plataforma
  • Preço: plano gratuito até aos 300 email diários. Planos também por “paga o que enviares”.

E-goi

  • O E-goi é perfeito para…: quem ter uma estratégia de controlo total não só dos emails, mas também de sms marketing e chamadas, e quer ter suporte em português
  • Preço: modelo “paga o que enviares”

Outras Plataformas

Landing Page

A forma mais comum de conseguir assinantes é através de uma landing page convidativa e simples.

É aqui que podes convidar os visitantes do teu site a receberem uma das ofertas que mencionei acima e a subscreverem a tua newsletter.

Uma landing page é uma página de captura de emails. É uma página onde ofereces algo. Isso pode ser o acesso a um conteúdo exclusivo, a um eBook gratuito, um vídeo, etc.

Para que possas criar uma landing page profissional e de forma fácil – sem precisares de saber programação – usa uma ferramenta própria, como o LeadPages.

Também podes criar uma landing page gratuitamente na plataforma MailChimp, que te permite criar e gerir a tua lista de emails nele diretamente.

Gerir a lista de emails

Escolhe uma plataforma profissional e adequada para facilmente gerires a tua lista de emails.

Por exemplo, o ConvertKit é uma das mais completas e faz também parte das ferramentas que usamos no Nomadismo Digital Portugal. Em alternativa, também tens o MailChimp.

Lembra-te também de comunicar frequentemente com a tua lista de emails e nunca te esqueças de lhes dar a opção de cancelarem a subscrição de forma transparente e simples.

Se gostas de estatísticas, sabias que a maioria das pessoas consulta os seus emails diretamente no telemóvel e não no computador?

Dá também uma vista de olhos nas percentagens, desde a importância de teres conteúdos segmentados ao melhor dia da semana para enviares os teus emails!

Conclusão

Uma lista de emails vai permitir que o teu negócio cresça de forma consistente enquanto crias a tua marca e te dás a conhecer ao mundo.

O email marketing é uma ferramenta poderosa não só para empresas de média/grande dimensão, mas também para qualquer freelancer e, rapidamente, verás o retorno do teu investimento graças à tua lista de emails.

Vais conseguir:

  • divulgar e promover o teu projeto de forma controlada, estruturada e organizada;
  • manter o interesse pelos teus serviços ou produtos;
  • oferecer conteúdos informativos que aumentam a confiança dos teus leitores na tua pessoa, nos teus serviços e produtos;
  • comunicar regularmente de forma pessoal e direta sem ser invasivo;
  • recolher feedback da tua audiência graças às métricas recolhidas;
  • maior eficácia do que nas redes sociais. O email marketing vai dar-te melhores resultados. Mesmo que recebas mais visitas nas redes sociais do que cliques nos teus emails, a taxa de conversão do email marketing e o volume de ganhos pode ser bem superior;
  • ser memorável!

Subscreve a Newsletter Gratuita

Preenche o formulário para subscreveres a newsletter gratuita do Nomadismo Digital Portugal e recebe conteúdos exclusivos e todas as novidades em primeira mão!

Os dados são apenas para efeitos de envio da newsletter. Não são cedidos a terceiros.

Autoria

Posts Relacionados

Bilhetes à venda para o Workshop Online: "Como (e por onde) Começar no Digital?"