Como criar um blog: o guia passo-a-passo para iniciantes
blog criar ganhar dinheiro

Como criar um blog: o guia passo-a-passo para iniciantes

Queres ter um blog…mas não fazes a mínima ideia de como criar um blog? Quer seja para partilhar os teus conhecimentos, o teu trabalho, começar um negócio ou só ter um blog no qual fales do teu quotidiano, este post é perfeito para ti.

Para saber como criar um blog não é preciso ter um mestrado em engenharia informática. No entanto, para as pessoas que não têm tanto à vontade com a tecnologia, pode não ser uma coisa simples.

Com este post, criámos um autêntico guia passo-a-passo para quem quer saber como criar um blog do zero o e não tem nenhuma experiência.

O que é um blog?

Nos últimos anos, ter um blog é quase como ter uma extensão de si mesmo. Personalidades, celebridades, pessoas comuns e como tu, mães, pais e filhos, empreendedores e pessoas de negócios…todos têm ou querem um blog!

Hoje é possível ganhar dinheiro com um blog ou apenas uns trocos se não quiseres fazer dele um negócio. E mesmo que não queiras ganhar dinheiro diretamente com o teu blog, podes usá-lo como plataforma para apresentares os teus serviços.

A beleza do blog é que tanto pode ser uma ferramenta de negócio como um espaço mais pessoal no qual falas de ti e das tuas paixões. No fundo, tu dás ao teu blog a utilidade que quiseres!

Neste artigo, vamos explicar-te como criar um blog que tenha as fundações base para que não só tenhas um blog com um aspeto profissional e cuidado, como também tenhas um espaço que podes decidir monetizar a qualquer momento.

Podes decidir ler este post de forma natural ou, se quiseres, podes clicar diretamente no tópico que mais te interessa:

Que plataforma escolher?

Uma das decisões de quem procura saber como criar um blog, é a plataforma a usar. Existem variadas plataformas e opções. Nós recomendamos o WordPress!

O WordPress é o sistema mais utilizado da Internet: 75 milhões de websites correm com este sistema! Incrível não é? Não é por acaso que o aconselhamos e que tanta gente utiliza o WordPress para os seus sites e blogs.

O WordPress é um sistema gratuito, open source (ou seja, desenvolvimento graças e através de contribuições de pessoas de todo o mundo), intuitivo e muito, muito fácil de utilizar. Podes utilizar facilmente o WordPress sem saberes nada de programação ou design!

Saber como criar um blog é saber utilizar, desde o início, uma plataforma que torne as coisas simples e práticas. O bom do WordPress é que te permite criar um blog, mas se quiseres um dia criar uma loja online podes fazê-lo facilmente adicionando uma ferramenta gratuita chamada WooCommerce. Ou seja, o WordPress é uma ferramenta que te permite escalar até onde quiseres o teu projeto!

Como criar um blog

Como criar um blog sem gastar muito dinheiro?

Muitas pessoas querem saber como criar um blog sem gastar muito dinheiro. Se és uma dessas pessoas, continua a ler. Ter um blog com aspeto profissional, bonito e seguro não precisa de implicar um grande investimento contrariamente ao que muita gente pensa.

Vamos-te mostrar como é que com menos de €5 por mês consegues criar sozinho o teu blog, sem precisares de recorrer à ajuda de um desenvolvedor web ou de um designer!

O único investimento que tens de fazer para começar o teu blog é o registo do domínio e o alojamento.

O registo do domínio diz respeito ao nome que queres ao teu blog. Pensa com calma nesse aspeto, porque o nome do teu blog será consequentemente o endereço www.oteublog.com, sendo a primeira impressão do leitor em relação ao teu espaço.

O alojamento ou hospedagem é o servidor onde o teu blog estará alojado. É onde todos os ficheiros, dados, informações, posts e imagens vão estar para que possam ser acessados a qualquer momento, a partir de qualquer lugar do mundo. É a casa do teu blog!

Neste artigo, vais aprender como registar o teu domínio e garantires o melhor endereço para o teu blog. Vais também aprender a fazer a compra e aquisição do teu alojamento. E, claro, vamos-te ajudar a instalar e a dar os primeiros passos no WordPress!

Pronto?

Escolher um bom alojamento ou hospedagem

Chegamos à parte mais técnica. Se hoje em dia com alguns cliques é possível criar um blog em plataformas cem por cento gratuitas como o Blogger ou o WordPress.com, a verdade é que se o objetivo é criar um blog que dê para monetizar e fazer crescer de forma independente, as opções gratuitas não são as melhores opções.

Um alojamento é o sítio/servidor no qual o teu blog e tudo o que o envolve estará guardado. Temas, visual, design, imagens, textos, conteúdos, tráfego, comentários, visitas…tudo! O alojamento é como se fosse a casa do teu blog.

Diferenças entre um alojamento gratuito e pago

Um alojamento gratuito como o Blogger, o Sapo Blogs ou o WordPress.com (não confundir com o WordPress.org! Clica aqui para leres o nosso artigo onde explicamos a diferença entre os dois) são plataformas que permitem que cries um blog com alguns cliques, nos quais não é preciso nenhuma instalação ou configuração para teres tudo pronto. A gratuidade e o facto de estarem pré-instalados e configurados são, no entanto, as únicas vantagens deste tipo de plataformas.

Ao criares o teu blog nestas plataformas, o teu blog não te pertence.

Comecemos pelo nome: o teu blog estará associado a uma extensão própria do alojamento como exemplo: oteublog.blogspot.com ou oteublog.wordpress.com. É possível comprares um nome de domínio sem essa extensão e associá-lo ao alojamento gratuito, fazendo esse contra desaparecer. Mas os contras não acabam por aqui.

As plataformas gratuitas podem inserir publicidade ou banners no teu blog. Também podem mudar as regras de um dia para o outro. Podem mesmo encerrar o teu blog a qualquer altura se assim o quiserem. O teu blog está alojado num sítio que não controlas, sendo que tudo o que colocas lá não te pertence a cem por cento.

Vantagens de um alojamento pago e que te pertence

Um alojamento próprio não é gratuito, no entanto não é preciso investir muito dinheiro para teres um blog que seja teu a 100% e que podes, tu mesmo, modificar, controlar e preservar.

A plataforma que te aconselhamos a utilizar para o teu blog é o WordPress – e aqui falamos de wordpress.org e não do serviço gratuito wordpress.com!

O WordPress é a plataforma mais utilizada na Internet, dominando o top dos melhores blogs e sites. É uma plataforma totalmente gratuita, que tem milhares de temas, plugins e funcionalidades que combinadas criam o blog dos teus sonhos. Totalmente customizável e intuitivo, não é preciso seres um expert em tecnologia para teres um blog perfeito a correr em WordPress.

E não te assustes com a ideia de ter que comprar um alojamento, um domínio ou coisas sobre as quais não tens nenhum conhecimento! Não é complicado e nós explicamos tudo.

Tendo em conta a importância do alojamento para um blog, é preciso que escolhas um que seja reputado e seguro. Depois de já termos experimentado vários alojamentos diferentes e comparado vários deles, optámos pelo SiteGround.

Porquê o SiteGround?

É estável

Um dos maiores medos de qualquer blogger é ver o seu blog ficar offline. Pois bem, o SiteGround é um servidor com uma taxa de uptime (sem quedas) de 99,99% o que é absolutamente incrível! Com vários datacenters no mundo inteiro, o teu blog fica entregue em boas mãos.

O suporte é para lá de excelente

Foi um dos fatores que nos fez escolher o SiteGround como nosso servidor. O suporte do SiteGround é 24 horas e tens sempre alguém disponível no chat online para te responder e ajudar. Sempre. A qualquer hora, a qualquer dia! Podes contactar o SiteGround através do chat online, de telefone, de email ou através de um ticket.

Como criar um blog no Siteground

Pronto para saber como criar um blog? O primeiro passo é entrares no SiteGround.com para seguires todo este guia. Quando entrares, clica em “Sign Up”.

Escolher um plano

NoSiteGround tens três planos principais base à tua escolha: o StartUp, o GrowBig e o GoGeek. Todos os planos incluem suporte técnico gratuito 24h/7d, emails ilimitados e certificado SSLs. Todos também incluem a instalação e configuração do WordPress!

Plano StartUp

O plano StartUp custa apenas $3.95 por mês (menos de €4 por mês). É ideal para quem está a começar e quer um alojamento seguro que inclua:

  • alojamento para um site ou blog
  • 10Gb de espaço
  • tráfego de 10,000 visitas mensais
  • instalação e configuração gratuita do WordPress

Plano GrowBig

Este plano custa $5.95 por mês e inclui todas as funcionalidades do plano StartUp. Por menos de €5 por mês, tens acesso a várias funcionalidades premium:

  • alojamento para vários blogs e sites
  • 20Gb de espaço
  • ideal para blogs e sites com 25,000 visitas mensais
  • suporte e resposta prioritária
  • acesso a plugins premium, com o Super Cacher que te ajuda a tornar o blog mais rápido o que melhora o posicionamento do teu blog nos resultados do Google

Plano GoGeek

Se já tens tráfego no teu blog e tens um projeto que implique uma necessidade de mais espaço, este plano é perfeito para ti. Por $11.95 por mês, tens acesso a todas as funcionalidades dos dois planos anteriores e a:

  • 30Gb de espaço
  • ideal para sites e blogs com 100,000 visitas mensais

Escolher o domínio

Depois de escolheres o plano que queres, chegou a hora de registares o nome do teu blog. Saber como criar um blog de sucesso implica escolheres um nome de sucesso!

A escolha de um nome é uma das fases mais difíceis no processo de criação de um blog! Para que no futuro não tenhas que mudar de nome e de domínio, escolhe com calma o nome do teu blog. Pensa num nome que:

  • seja curto, fácil de memorizar, de pronunciar e de escrever;
  • não esteja ligado a coisas negativas. Faz uma pesquisa no Google antes de registares o nome: esse nome pode estar associado a produtos ou segmentos que não dão uma boa imagem ao teu projeto;
  • não evoque algo demasiado definitivo e ligado ao teu estado atual. Nomes que evocam estados civis, idades, profissões ou cidades podem tornar-se com o tempo desatualizados;
  • esteja ligado ao nicho que escolheste;
  • e se possível, esteja ligado a alguma keyword ou pesquisa recorrente nos motores de busca.

Este último ponto é um truque para posicionares mais facilmente o teu blog nos resultados do Google. Escolhe um nome que tenha alguma keyword (palavra-chave) procurada com frequência no Google. Podes fazer uma pesquisa de palavras-chaves usando o KWFinder.

No SiteGround podes registar o teu domínio em .com, .net, .org, .me e várias outras escolhas! Testa diferentes combinações para veres qual é que gostas mais!

Depois de escolheres, o teu nome de domínio clica em “Proceed” para continuarmos o processo de como criar um blog.

Revê a tua compra e faz o pagamento

Nesta última fase, deves confirmar a tua compra e preencher as tuas informações de contacto e de pagamento. Em “Account Information” deves inserir o email que queres associa à tua conta no SiteGround e a password que vai servir para entrares na tua conta. Em “Client Information” é a tua informação pessoal para efeitos de compra e faturação.

Depois da parte relativa aos dados de pagamento, vais ver que o SiteGround faz a sugestão de alguns serviços extra como o Domain Privacy e o SG Site Scanner.

Em relação ao Domain Privacy ($12 por ano), aconselhamos sempre de optar por este serviço. Este serviço é o que garante a proteção da tua informação pessoal. É possível, para qualquer pessoa, através do site whois.net, encontrar a pessoa que comprou e detém determinado domínio.

Nessas informações aparecem o nome, a morada/cidade, email e por vezes o número de telefone. Se não queres ver as tuas informações públicas (ninguém quer, não é?), opta por este serviço que faz com que não seja exibida a tua identificação se alguém fizer a pesquisa pelo teu domínio.

O SG Site Scanner é uma ferramenta instalada e gerida pelo próprio SiteGround que permite verificar o estado do teu site. Se o teu blog for hackeado ou pirateado, a ferramenta notifica-te de imediato. A ferramenta não corrige situações de hacking, simplesmente notifica-te se estas ocorrerem.

Clica em “Pay Now”, faz o pagamento e…parabéns! Sabes como criar um blog!

Instalar o WordPress

Com o teu domínio e alojamento comprado, chega a parte de instalares o WordPress. Mas temos outra novidade para ti: o SiteGround instala tudo por ti…não precisas de mexer em nada!

Para instalares o teu WordPress, faz o login na tua conta do SiteGround e vais ver uma janela de “Welcome to the SiteGround account setup wizard”:

Nessa janela, seleciona a primeira opção de criar um site de raiz no teu domínio.

Agora vai ser bastante rápido: vai bastar pouco mais de um minuto para saber como criar um blog do zero!

Na janela seguinte, seleciona o tipo do teu site/blog. Esta informação não é muito importante: serve para estatísticas e sugestões de marketing.

Na segunda questão do “Do you know which software you are going to use?” seleciona WordPress. Clica em “Proceed”.

Na segunda janela, vais configurar o teu acesso ao teu blog:

  • em “Admin Email” coloca o teu email
  • em “Username” coloca o teu utilizador. Atenção: não uses nomes como “admin”, nem o teu nome nem o nome do teu blog. Usa algo que combine de preferência letras, números e caracteres especiais, para tornar o teu blog mais seguro
  • em “Password” escolhe uma password que seja segura. Mistura números, letras e caracteres especiais!

O SiteGround vai sugerir-te alguns temas e visuais para o teu blog. Podes já escolher um design que gostes e que aches bonito ou podes selecionar mais tarde, no teu painel de controlo, um tema base para começares. Sem pressão!

E pronto! A terceira janela é a última e é aquela que te anuncia que já está, sabes como criar um blog!

Não vês esta janela?

Se quando fizeres o teu login pela primeira vez no SiteGround a janela de “boas vindas” não aparecer, não te preocupes que tens a opção de instalação automática do WordPress disponível!

Se esta janela não te aparecer, basta ires a “My Accounts” e em “Go to CPanel”.

Com o CPanel aberto, clica em WordPress Installer que está na seção “WordPress Tools”. Clica em Install Now e instala o WordPress!

O WordPress é um autêntico mundo que te convidamos a explorar mal tenhas o teu alojamento configurado e pronto a ser utilizado. No entanto, existem algumas funcionalidades que podes começar por configurar para teres as melhores bases para o início do teu blog.

Escolher um tema

Podes escolher entre milhares de temas gratuitos para o teu blog clicando em Apresentação > Temas > Adicionar Novo.

Se quiseres um tema mais complexo, podes procurar temas profissionais e alguns bem em conta em sites como o Creative Market ou o ThemeForest.

Instalar alguns plugins essenciais

Quando abrires pela primeira vez a página dos plugins (em Plugins > Adicionar Novo) vais ficar maravilhado com a quantidade de funcionalidades que podes associar ao teu blog. Mas um conselho: quanto mais leve for o teu blog e despedido de funcionalidades desnecessárias, melhor!

O foco de um blog de sucesso é concentrar o leitor no conteúdo que publicas e não em pop-ups, banners, imagens ou efeitos visuais.

Dois dos plugins essenciais (e gratuitos) para se começar um blog que se quer de sucesso são:

  • Yoast SEO – à medida que vais explorando o mundo da blogosfera e da monetização de blogs e sites, vais ler muito sobre SEO. SEO significa Search Engine Optimization e é um conjunto de técnicas aplicadas a um site ou blog para otimizá-lo em relação aos motores de busca. Ou seja, a aplicação de boas técnicas SEO é sinónimo de uma melhor imagem e posicionamento no Google durante as pesquisas. O Yoast SEO é um plugin para WordPress que facilita a que o teu blog tenha uma melhor estrutura e otimização SEO.
  • Google Analytics – criares uma conta no Google Analytics para o teu blog vai permitir-te saber quantas visitas o teu blog tem, de onde é que essas pessoas vieram, onde é que elas moram, quais são os posts mais lidos, entre muitas outras coisas! O plugin Google Analytics para WordPress facilita essa leitura na própria página do WordPress.

Irás encontrar muitos outros à medida que vais lendo sobre WordPress e aumentando o teu blog. Mantêm sempre no entanto a ideia de que quanto mais simples o teu blog estiver, melhor para o teu leitor. Cada plugin deve aumentar o valor do teu blog e ter como preocupação número um o teu leitor: será ele que te irá permitir ganhar dinheiro com o teu blog.

Começar a escrever e a criar conteúdo

Com o nome de domínio registado, o alojamento comprado e o WordPress a funcionar, podes finalmente começar a escrever no teu blog! Segue algumas dicas para que toda a tua experiência de blogger corra bem:

  • O leitor deve ser a tua principal preocupação. Preocupa-te em responder a todas as necessidades e questões que o teu leitor tem;
  • Diverte-te a escrever! Escrever sobre o que gostamos faz com que todo o conteúdo que publiques seja genuíno, fazendo com que o leitor não se sinta agredido e goste de te ler;
  • Inspira-te em outros blogs, mas não copies. Ser original não é difícil: somos todos diferentes. Ao vivermos em sociedade, é natural que nos inspiremos e sejamos influenciados pelos outros. Não hesites em retirar e aplicar aspetos positivos e que gostes de outros blogs, mas preocupa-te em ser original e manter o teu blog e conteúdo pessoal;
  • Publica conteúdo de valor, partilhando dicas, conselhos e experiências que tenhas realmente vivenciado e que aconselhes a outras pessoas;
  • Ganhar dinheiro não deve ser, logo no início do teu blog, a tua maior preocupação. No início, deves preocupar-te em oferecer o melhor conteúdo que consigas produzir e conquistar uma audiência constante. Se o conteúdo for bom e a audiência crescer, o dinheiro e as campanhas irão chegar.
  • Monetizar é fácil, mas não é um processo imediato. Podes, desde o início, inscrever o teu blog em algumas campanhas publicitárias e registá-lo gratuitamente no Google Adsense para poderes apresentar algumas publicidades no teu blog, ou em programas de afiliação para produtos que tenhas experimentado…mas não esperes ganhar logo muito dinheiro com isso! Mais uma vez, todos os processos de monetização de um blog só são rentáveis se tiveres um bom conteúdo e uma audiência constante.

Dúvidas ou comentários?

Não hesites em deixar o teu comentário ou perguntas no campo de comentário abaixo, na nossa página do Facebook ou no nosso grupo de Facebook!

Escrito por

Nomadismo Digital Portugal

Site português sobre nomadismo digital, trabalho remoto, viagens e empreendedorismo digital.

23
Deixe um comentário

avatar
  Subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificar de
trackback

[…] a como usar o blog, como veículo para ganhar dinheiro ao explorar as tuas maiores paixões é muito importante! E não, não tem nada a ver com anúncios […]

trackback

[…] entanto, com um blog ou site, ganhar dinheiro na Internet como afiliado é bem mais fácil e […]

Victor Reis
Victor Reis

Muito bom o artigo para quem quer iniciar. Há alguns anos atrás eu tive que procurar bastante para aceder à informação que aqui está resumida. Parabéns.

Krystel

Obrigado @youandvictor:disqus!

Rubina
Rubina

Excelente artigo!! Sucinto e facilmente compreensível! Já tinha lido outros e devido à complexidade, desisti da ideia. Com este, estou muito motivada para construir o meu blog. Muito obrigada!!;)

Andreia Martins
Andreia Martins

Olá Krystel,
Eu consigo criar e manter um blog apenas com um iPAD?
Um beijinho, e obrigada por toda esta orientação 🙂

Krystel

Claro que sim! Hoje em dia quase todos os sites e plataformas são responsivas e prontas a correr em dispositivos móveis 🙂
Abraço nómada!

Andreia Martins
Andreia Martins

Muito grata, Krystel ☺️
E sobre logotipos, achas importante ter/criar?****

Krystel

Sem dúvida! É uma forma de identificação de marca muito importante 🙂

Mariana Santos
Mariana Santos

Olá! 🙂
Antes de mais, um grande obrigada pelo artigo, está excelente, de muito fácil compreensão e acessível mesmo a quem não percebe (ainda) nada deste mundo de blogs!
Queria no entanto fazer uma questão. Se por alguma razão, tiver de deixar o blog (falta de disponibilidade, ou mesmo porque não corra como quero), posso simplesmente “parar” de pagar o alojamento do Siteground? E o que acontece ao meu blog quando parar? Desaparece para sempre ou apenas fica como que “inativado” até eu retomar o pagamento?
Obrigadíssima!

Krystel

Olá Mariana! Obrigada! Fica atenta que estou a planear muitos outros conteúdos à volta desta temática. Lembro-me bem como foi começar e achar que tudo era mais complicado…muito por causa dos conteúdos complexos que fui encontrando. Fico muito contente pelo teu comentário e estou aqui para tentar ajudar no que conseguir. O alojamento no Siteground é anual; ou seja, logo no início, pagas um valor para 12 meses. O mesmo vale para o registo do teu domínio (endereço www.). Se quiseres parar durante esse período, basta por exemplo instalares um plugin de manutenção (o WP Maintenance por exemplo, é gratuito… Read more »

Mariana Santos
Mariana Santos

Bem, sem querer ser chata, já agora tenho outra questão :p (prometo parar de chatear ahah)
Fiz o download do vosso pdf sobre as ferramentas usadas para blog (igualmente muito ilucidativo, já vos adoro e ainda agora vos conheci ahah!), e verifiquei que os preços de um alojamento no Ycorn são bastante mais em conta do que os do Siteground (o seu plano para wordpress fica a 2,99€). Há alguma desvantagem do Ycorn para apostarem mais fortemente na recomendação do Siteground no que concerne ao alojamento? 🙂
Obrigada mais uma vez!

Krystel

Olá novamente Mariana! Uma das coisas que mais gosto no Siteground é o apoio 24h via chat. Ou seja, a qualquer hora, qualquer momento, temos alguém prontos para nos ajudarem. Já tive alguns problemas relacionados com o meu site (erro a fazer um upload, ou fazer alguma manipulação que mande o site abaixo) e ter a qualquer momento alguém que me ajude em questão de minutos (demora 2-3 minutos a seres atendida por alguém através do chat) é excelente. O suporte do YCorn (onde tenho o domínio do nomadismo registado! Daí recomendar também esse serviço) é só por ticket/email…ou seja,… Read more »

Mariana Santos
Mariana Santos

Não podia ter ajudado mais!! Estou muito grata 🙂
Obrigada pelas tão rápidas respostas. Continuação deste excelente trabalho 🙂

Um grande beijinho!

Entre Agulhas e Bisturis
Entre Agulhas e Bisturis

Olá Kristel!
Sou um blog que acabou agora mesmo de começar. A construção do blog baseou-se toda neste incrível post. No entanto tenho uma dúvida! Estive bastante tempo ontem a tentar colocar o número de visualizações na página mas o único plugin que efetivamente consegui que surtisse o efeito desejado, contabilizava também as minhas entradas no blog como administradora e acabei por desistir.
Tens algum plugin que me consigas aconselhar para o efeito? Obrigada!
Já agora, para ver as estatísticas do site uso o jetpack, há algum modo de o fazer através do mesmo?

Um beijinho 🙂

Daily C. Rodrigues
Daily C. Rodrigues

Olá Kristel 🙂 podemos mudar de plano ao longo do tempo? Queria começar com o StartUp, mas se tiver sucesso mudaria para o plano GrowBig. Muito Obrigada bjs

Krystel

Olá! Sim, podes a qualquer momento fazer o upgrade do plano. Eles depois cobram-te unicamente a diferença entre o plano que já pagaste e para o qual queres mudar 🙂

Abraço nómada!

Daily C. Rodrigues
Daily C. Rodrigues

Muito Obrigada 🙂 Estou a adorar o blog, estou cheia de ideias e ansiosa por começar a fazer o que sempre quis.. viajar e trabalhar com prazer..Continuação de um ótimo trabalho 🙂

Jessica Quaresma
Jessica Quaresma

Olá . Aconselhava abrir um blog no site wix ????? O que achas acerca do site ??? Obrigada

Krystel

Olá Jessica! Nunca usei a título pessoal o Wix; contudo, já trabalhei com clientes que tinham lá os sites e a impressão com que fiquei é que realmente são muito fáceis de criar, mas limitados se quiseres escalar a algo mais profissional: no fundo, tal como acontece com o WordPress.com, no Wix o conteúdo e o site não é propriamente teu, não está num servidor teu, não tens acesso à base de dados…o que também dificulta se tiveres lá um site e quiseres exportar para outro serviço. Acho que pode ser muito bom para fazer um portfólio ou uma página… Read more »

victor pessa

Há uns anos atrás, estive acamado e resolvi ocupar o tempo construindo um blog, onde pudessem ser comentadas e colocados comentários dos meus antigos camaradas de tropa.
Tudo correu bem, era grátis, fácil de manejar, bastante intuitivo, não tive tanto trabalho assim para o colocar na rede.
Agora passados alguns anos, sinto necessidade de melhorar. Não que esta necessidade seja muita, mas pelo simples facto de gostar de evoluir.
Li atentamente este magnífico apontamento e fiquei com vontade de voltar a recriar todo o blog.
Só por isso obrigado.
Agora não sei se se justificará tal aventura.
Vou pensar…