Archive

Junho 2018

Loja

A atividade de freelancer é, muitas vezes, associada a falta de estabilidade financeira. No entanto, a exigência de um trabalho enquanto prestador de serviços não te deve levar ao desespero! Este artigo explora diferentes estratégias para que possas diversificar as fontes de rendimento, abordando também a vertente mais administrativa e contabilística para uma atividade de freelancer sustentável.

Quando começas a trabalhar como freelancer e abres atividade nas finanças, ficas automaticamente registado no regime simplificado ou contabilidade organizada, dependendo das caraterísticas da tua atividade. Sendo trabalhador independente, tens obrigações fiscais a cumprir. Contudo, desde que reúnas determinados requisitos, podes eleger como queres ser tributado. Quando preenches a informação sobre a tua atividade, na maioria dos casos a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) vai atribuir-te o regime simplificado por defeito, a não ser que indiques o contrário. Apesar de já não estares obrigado a permanecer num regime fiscal por 3 anos, caso queiras alterá-lo, tens de o fazer até…

Trabalhar remotamente é ainda um conceito algo controverso, mas a tendência tem vindo a aumentar a nível global1. É verdade que ainda nos deparamos com aquela noção de que trabalhar remotamente é para preguiçosos ou que não se é tão produtivo e é um facto que trabalhar a partir de casa não é para todos, mas desengane-se quem pensa que um trabalhador remoto não trabalha tanto ou mais do que um trabalhador comum que se desloca ao escritório diariamente. Lentamente, começamos a ver em Portugal algumas empresas aderirem à política do trabalho flexível, deixando que alguns dos seus trabalhadores exerçam…

A dura e muitas vezes injusta realidade é que bastam alguns segundos para que uma proposta de serviços seja aceite, rejeitada ou mesmo ignorada. Nalguns casos, nada tem a ver com a nossa competência ou profissionalismo para realizar aquele projeto em concreto. O trabalho de freelancer… bom, dá trabalho e quando chega o momento de criar uma proposta de serviços, torna-se ainda mais desafiante. Em apenas um e-mail, temos de convencer o potencial cliente a querer ler a nossa apresentação, depois mostrar que somos perfeitos para o trabalho e, por fim, fechar contrato. Tudo isto, com recurso a umas quantas…